Integridade ecológica

Proteger e restaurar a integridade dos sistemas ecológicos da Terra, com especial preocupação pela diversidade biológica e pelos processos  naturais que sustentam e renovam a vida.

Fazer com que a conservação ecológica seja parte integral de toda planificação e implementação do desenvolvimento.

Estabelecer reservas naturais e da biosfera representativas e viáveis, incluindo terras silvestres que sejam suficientes para manter a diversidade biológica da terra e os sistemas que sustentam a vida.

Administrar a exação de recursos renováveis com alimentos, água e madeira, de tal forma que não danifique a capacidade de recuperação e produtividade dos sistemas ecológicos ou ameace a vida das espécies individuais.

Promover a recuperação de espécies e populares em perigo através da conservação in situ, incluindo a proteção e a restauração de seus habitais.

Tomar todas as medidas razoáveis para prevenir a introdução de espécies alheias ao ambiente por intermédio humano. 

Prevenir o dano ao ambiente, como o melhor método de proteção ecológica e, quando o conhecimento for limitado, tomar a senda da prudência.            

Dar especial atenção, dentro do processo de tomada de decisões, às conseqüências acumulativas, de longo prazo e globais resultantes das ações individuais e locais.

Impedir as atividades que ameacem o meio ambiente com danos irreversíveis ou sérios, ainda que a informação científica seja incompleta ou inconclusa.

Estabelecer normas de proteção ambiental e sistemas de monitorarão que tenham a capacidade de detectar impacto humano significativo no ambiente e fazer obrigatórias as avaliações e os relatórios e impacto ambiental.

Exigir que  quem contamina seja responsabilizado e arque com os custos totais relativos à reparação dos danos causados.

Garantir que as medidas tomadas com o fim de prevenir ou controlar os desastre naturais, infestações e doenças sejam dirigidas às causas pertinentes e evitar efeitos nocivos secundários.

Fortalecer a obrigação internacional dos Estados de tomar todas as medidas de preocupação razoáveis para prevenir os danos ambientais transfronteiriço.

Tratar todos os seres vivos com compaixão e protegê-los de crueldade e de destruição desnecessárias.