Agenda de eventos ambientais

Inicial Outras agendas Eventos realizados Divulgação

Pesquisa

Agenda 2.014


6ª Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade

Estão abertas, até 10 de março, as inscrições para a 6ª Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade – O Melhor de Ambos os Mundos, que ocorrerá entre os dias 12 e 16 de maio em Bertioga, no litoral paulista.

Realizada pela Superintendência de Gestão Ambiental da Universidade de São Paulo (USP), a conferência tem como objetivo criar oportunidades para que experiências nacionais e internacionais em Educação Ambiental (EA) e Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS) sejam compartilhadas e contribuam para o estabelecimento de redes nessa área.

O evento é voltado a educadores, pesquisadores, funcionários do governo, acadêmicos, gestores, agentes de áreas protegidas, tomadores de decisão, ONGs e indivíduos envolvidos na educação, sensibilização e comunicação ambiental.

A programação inclui atividades de vivência, como uma intitulada “Biodiversidade das Águas de Bertioga”, que será realizada em uma embarcação motorizada (barco-escola) que circulará pelo canal de Bertioga e pela foz do Rio Itapanhaú, além de palestras e workshops.

O Sesc Bertioga fica na Rua Pastor Djalma da Silva Coimbra, 20, no litoral de São Paulo.

Mais informaçõeswww.bestbothworlds2014.sc.usp.br/ 

São Paulo e suas águas: passado e presente

O Arquivo Público do Estado de São Paulo (Apesp) realiza, no dia 20 de março às 10h, o evento “São Paulo e suas águas: passado e presente”.

Debates e seminários estão programados para o evento que ocorre no mês de encerramento da exposição “O Tempo e as Águas: formas de representar os rios de São Paulo”.

O documentário “Entre Rios”, do cineasta Caio Ferraz, servirá de apoio para as discussões sobre a situação dos rios da capital paulista. Alexandre Delijaicov, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), também participa do debate, ao lado de Ferraz. A mediação será feita pelo professor Janes Jorge, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), autor do livro Tietê, o rio que a cidade perdeu.

Há duas mesas de discussões no período da tarde. A primeira, intitulada “As águas e a cidade”, terá a participação dos professores Fábio Alexandre dos Santos, da Unifesp, e Cristina Campos, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A mediação estará a cargo de Janaína Yamamoto, diretora do Núcleo de Acervo Cartográfico do Apesp.

Com o tema “História e memória das águas”, a segunda mesa será mediada por Fernando Atique, professor da Unifesp, e terá palestras dos professores Silvia Helena Zanirato, da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (USP), e Paulo Henrique Martinez, da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

O encontro ocorrerá no auditório do Apesp, que fica na Rua Voluntários da Pátria, 596, em São Paulo. Não é necessário fazer inscrição.

Dúvidas pelo e-mail editoria@arquivoestado.sp.gov.br

Proteção dos Mananciais

No mês do Dia Mundial da Água, celebrado no dia 22 de março, o Jardim Botânico de São Paulo promove a exposição Proteja os Mananciais, sob a curadoria do Núcleo de Educação do Instituto de Botânica, da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo.

A exposição é composta por 14 banners e busca mostrar o que é um manancial, o que fazer para protegê-lo e quais são as principais ameaças à produção de água de qualidade e em quantidade para o consumo.

O material ficará exposto de 1º a 30 de março, no Museu Botânico Dr. João Barbosa Rodrigues, localizado no Jardim Botânico de São Paulo, que fica na Avenida Miguel Estefano, 3031. A visitação é aberta de terça a domingo, das 9h às 17h.

Mais informações http://jardimbotanico.sp.gov.br/2014/02/exposicao-proteja-os-mananciais/ 

Circuito Universitário da 3ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

Cinco instituições de ensino superior da cidade de São Paulo participam este mês do Circuito Universitário da 3ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental.

O filme Trashed – para onde vai o nosso lixo? – produção britânica dirigida por Candida Brady e ainda não distribuída no Brasil – será exibido gratuitamente nas universidades, seguido por debates com a participação de professores e profissionais do mercado. Com a participação do ator Jeremy Irons, o filme busca uma reflexão sobre o acúmulo de lixo e os perigos disso para a saúde e para o meio ambiente.

As exibições do filme nas universidades funcionam como um “convite” para os demais filmes da mostra, que ocorrerá em São Paulo entre 20 e 27 de março.

A primeira e a última sessão do Circuito Universitário ocorrerão na Universidade São Judas Tadeu (USJT). O campus da Mooca exibirá o filme no dia 14 e, no dia 28, o campus Butantã encerrará a programação.

No dia 18 será a vez da Universidade de São Paulo (USP) e da Faculdade Cásper Líbero. A exibição na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC) está agendada para o dia 19 e na Universidade Presbiteriana Mackenzie para o dia 24.

Somente as sessões realizadas na USP e no Mackenzie, ambas às 19 horas, serão abertas ao público. As demais são fechadas para os estudantes.

Mais de 60 filmes com foco na temática ambiental, entre longas, médias e curtas metragens e oriundos de 30 países, fazem parte da mostra deste ano.

A programação completa e mais informações sobre a mostra podem ser conferidas no site http://www.ecofalante.org.br/mostra/

3º Ciclo de Palestras sobre Plantas Medicinais e Aromáticas – Da Botânica ao Medicamento

A Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (Fealq) realiza, no dia 15 de março, o 3º Ciclo de Palestras sobre Plantas Medicinais e Aromáticas – Da Botânica ao Medicamento.

O evento reunirá estudantes de graduação e de pós-graduação, produtores, profissionais da área e demais interessados para discutir assuntos relacionados a plantas medicinais, extrativismo e cultura, e fitoterapia. O programa ainda contempla uma abordagem sobre como projetar hortos didáticos e de pesquisa.

As palestras ocorrerão no Anfiteatro da Fisiologia Vegetal do Pavilhão da Horticultura da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq/USP), que fica na Avenida Pádua Dias, 11, em Piracicaba.

Mais informações e inscrições no site http://fealq.org.br/informacoes-do-evento/?id=87

Evento com vagas limitadas.

Amazônia Mundi

Com a curadoria da professora Anna Claudia Agazzi, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), o Sesc São Paulo, unidade Itaquera, recebe, até o dia 10 de maio, a exposição Amazônia Mundi.

A ideia da mostra é divulgar as realidades da região amazônica e promover uma experiência sensorial de viajar pelo território que concentra a maior biodiversidade do planeta. Esculturas gigantes de animais, instalações artísticas e uma oca construída por índios Wayana são algumas das atrações.

“A mostra é resultado de pesquisa desenvolvida nos últimos anos e tem caráter transdisciplinar. Seu processo criativo é objeto de minha pesquisa de doutorado”, disse Agazzi, que é docente do Instituto de Artes da Unesp.

A exposição ocupa mais de 1.200m², divididos em área externa e interna, e oferece a oportunidade dos visitantes ouvirem os sons escondidos na “floresta”, além das constelações do céu, vistas por diferentes culturas indígenas.

A visitação pode ser feita de quinta à domingo, das 9h30 às 16h30, no Sesc Itaquera, situado na Avenida Fernando Espírito Santo Alves de Mattos, 1000, em São Paulo.

Mais informações:

http://unan.unesp.br/destaques/0/12810/Exposicao-Amazonia-Mundi-gera-experiencias-sensoriais-e-tateis